Mês: maio 2015

Locutor da Hora é destaque em Semana Acadêmica

Mathias Berwig recebe o troféu e certificado do Coordenador do Curso, Professor Rogério Martins

Mathias Berwig recebe o troféu e certificado do Coordenador do Curso, Professor Rogério Martins

Nesta segunda-feira, 25 de maio, os presentes na I Mostra de Inovação e Tecnologia da UNIJUÍ tiveram a oportunidade de testar e avaliar o Locutor da Hora. O evento faz parte da programação da Semana Acadêmica do DCEEng (Departamento de Ciências Exatas e Engenharias) e tem como objetivo estimular o interesse dos alunos pela tecnologia e promover os trabalhos desenvolvidos no departamento. Na mostra foram apresentados protótipos das áreas de Design de Produto, Design Gráfico, Automação e Desenvolvimento de Software.

No dia 27 de maio ocorreu a premiação dos Trabalhos Destaque do evento, estes que foram escolhidos por meio de votação pelos visitantes da mostra. O Locutor da Hora foi o vencedor pela categoria de Desenvolvimento de Software.

Professores estaduais da região de Ijuí conhecem o Locutor da Hora

Os professores estaduais participantes do XI Seminário de Tecnologia Educacional, promovido pela 36ª Coordenadoria Regional de Educação/NTE com sede em Ijuí, experimentaram o Locutor da Hora na manhã do dia 12 de maio, durante a abertura do evento.

Na oportunidade, a professora educomunicadora Dra Sátira Machado, responsável pelo setor de Educomunicação da SEDUC/RS foi convidada para testar o aplicativo, fazendo a gravação e edição de um dos padrões propostos.

A ideia é que o Locutor da Hora possa ser utilizado por professores e alunos nas suas atividades em sala de aula e nas rádios das escolas, especialmente aquelas que já participam do Projeto Rádio, Tecnologias e Empreendedorismo na Escola, coordenado pelo Curso de Comunicação Social da Unijuí.

Apresentação dos objetivos do software

Continue lendo

Nova versão do Locutor da Hora

Tela de Abertura do Locutor da Hora

Nesta terça-feira, 12 de maio de 2015, às 9h no salão da Afucoper em Ijuí, vai ocorrer a apresentação da nova versão do software Locutor da Hora. O aplicativo vai ser apresentado a um grupo de cerca de 300 professores estaduais que participam do XI Seminário de Tecnologia Educacional, promovido pela 36ª Coordenadoria Regional de Educação – CRE.

A atividade visa socializar com os profissionais da educação uma ferramenta que contribui para as atividades práticas em sala de aula, explorando habilidades de texto oral e escrito, a partir da técnica radiofônica.

O rádio caracteriza-se pela oralidade e simplicidade da linguagem, facilmente assimilada por todos os públicos e por isso se torna uma tecnologia importante para ser trabalhada na educação. O aplicativo simula uma prática de locução em um estúdio de rádio e provoca o enfrentamento do usuário com a própria comunicação, de modo que possa avaliar sua produção.

Aplicativo auxilia na produção do conhecimento em qualquer disciplina

As relações entre educação e comunicação são pesquisadas há décadas e hoje os estudos de educomunicação formam uma base teórica relevante para pensar projetos nesta área. Mario Kaplún (1999), um dos precursores desses estudos, vê a educação como o um processo de múltiplos fluxos comunicativos. Nessa perspectiva, o aplicativo Locutor da Hora apresenta caráter interdisciplinar, visando a contribuir para a geração de conhecimento em diversas áreas.  É um software destinado principalmente às atividades de rádios em escolas, mas pode ser utilizado por professores de qualquer disciplina ou mesmo para estudo individualizado, dependendo da escolha que o usuário fizer.

O objetivo é a produção do conhecimento, a fim de melhorar a expressão oral e a habilidade de comunicação. O Locutor da Hora simula um estúdio de rádio, passando por todas as etapas fundamentais do processo, desde a formação do texto e o preparo para a gravação até a reprodução e edição do conteúdo.

Foi desenvolvido pelo Curso de Comunicação Social em parceria com o Curso de Ciência da Computação, contando com o trabalho de professores (Vera Raddatz, Rogerio Moura Martins, Rubia Schwanke, Edson Padoin), bolsistas de extensão e pesquisa (Mathias Berwig, Rafaela Beyenke, Ethiene Kepler, Adriane Hanke) jornalista e músico (João Pedro Van der Sand) e designer (Jonas Souza). É um trabalho de equipe interdisciplinar e exige vários tipos de conhecimento para que se efetive.